Postagens

Mostrando postagens de Abril 26, 2015

Prof Neemias - Pensar e Agir muda Conceito

Imagem
Pensar e Agir muda Conceito
Após alguns anos “lutando,” junto a uma minoria, por uma educação de qualidade e valorização dos profissionais da Educação, obtendo neste período, algumas conquistas e muitas frustações, parei para refletir. Alguns anos atrás, estávamos reunidos no Sindicato para expor ideias e reivindicar  direitos. A representante do sindicato na época, (não sei, se para justificar o baixo salário dos professores) que reivindicavam o reenquadramento (Nível Universitário)  Iniciou seu discurso comparando os valores das mensalidades nas faculdades de Pedagogia e Medicina, como se os valores por si só, formassem ótimos profissionais. Se assim fosse, não teríamos filas no Sistema Público de Saúde, os problemas de Políticas Públicas seriam resolvidos, não teríamos mortes por erros médicos e assim por diante. (Não estou aqui questionando a qualidade desses profissionais) estou dizendo que a qualidade no serviço não depende do preço de uma faculdade. A mesma representante, disse q…

Prof. Gilberte - A FONTE DA ETERNA INFÂNCIA

Imagem
A FONTE DA ETERNA INFÂNCIA

Quando criança aprendi a ler e a nadar com muita facilidade e as duas coisas, me davam tamanho prazer, que eu me arriscava nas corredeiras do rio Capivari e sem medir os riscos saltava de grandes alturas mergulhando nas revigorantes de suas águas e muitas vezes lia, gostava, mas ainda não compreendia. Por exemplo, com apenas nove anos li e guardei na memória, embora não tenha compreendido: - “Não se banha duas vezes no mesmo rio” A natureza entalhou nas rochas da montanhosa cidade, um estreito e profundo canal, as águas limpas do rio formavam revoltas e espumantes corredeiras, onde eu e meus amigos nos atirávamos e ao longo do agitado rio, íamos nos divertindo, observando seus belos afluentes e sua mata ciliar rica e diversa, dentro da minha ingenuidade de criança, desafiei a filosofia, entrava na água duas vezes seguidas para provar que podia me banhar duas vezes no mesmo rio. O rio que simbolicamente corta a pequena cidade ao meio embalou minha infância e …