PROF. GILBERTE - POEMA- SERÁ SAUDADE?

SERÁ SAUDADE?



Saudade é semente que tem
Quem de fato já amou alguém
Saudade somente é verdade
Se sente ausência da felicidade

Saudades do amor que morreu
Porque bom momento viveu
Saudades do amor que partiu
É doce, suave e sutil.

Saudades do amor que consome
Pois é ele o alimento da fome
Saudades do amor de criança
O melhor do amor é a infância.

Saudade não corrói nem machuca?
Que causa depressão, o que é então?
Saudades que fere em demasia?
Não é de verdade, porque é vazia.
Se causar dor, não tem poesia...
Parece saudade... É apenas nostalgia!


Prof. Gílberte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VAGAS DE EMPREGOS - JUNDIAÍ E REGIÃO

CONCURSO -VÁRZEA PAULISTA

VAGAS DE EMPREGO - JUNDIAÍ E REGIÃO