Professor Gilberte - Poema - SEM TRADUÇÃO


SEM TRADUÇÃO.




Ela é feita de poesia,

Jorra não se cria.

É diferente,

Porém independente.

A saudade da noite

É poema noutro dia.

O poema de hoje

É saudade em fantasia.



Não se pode cultivá-la,

É invasão,

Não aprendo poema,

Efeito de inspiração!

Ímpar de língua mátria,

Sem tradução,

Plural às culturas,

Traduz-se por qualquer nação.



Aturdido, vã inspiração,

Saudade e paixão,

Aprisionado...

Calabouço de cruel dilema

Fazer da saudade poema?



É tola pretensão,

Pois o que me inspira

Nasceu da fantasia.

Não se aprisiona em poema,

Quem livre já nasceu poesia!

 

Profº Gílberte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VAGAS DE EMPREGOS - JUNDIAÍ E REGIÃO

CONCURSO -VÁRZEA PAULISTA

VAGAS DE EMPREGO - JUNDIAÍ E REGIÃO